Preparando nosso amiguinho para a chegada do bebê.

22/10/2014 11:12

A chegada de um bebê é um momento muito especial para toda a família, e mesmo durante a gravidez ocorre uma alteração de rotina que pode ser sentida pelo seu pet. Para que ele se adapte aos novos hábitos e se torne o melhor amigo do novo integrante da casa é importante começar com antecedência o treinamento para a chegada do bebê. É preciso pensar em tudo que irá mudar com o novo membro e preparar o animal para essas mudanças.

Limitar repentinamente o ambiente e a convivência com pessoas pode estressar seu bichinho, e ele pode desenvolver problemas comportamentais relacionados à ansiedade. Da mesma forma como você se prepara antecipadamente arrumando a casa, marcando compromissos, comprando as coisas do bebê, é importante considerar o treinamento do seu pet como parte dessa preparação.

Mesmo com as suas melhores intenções, assim que o bebê chegar o relacionamento com seu pet vai ser diferente. Se antes você fazia um carinho na cabeça do seu cão enquanto passava pelo corredor e conversava com o gato enquanto preparava o jantar, agora os seus braços ficarão mais tempo ocupados, e você passará a conversar com o bebê na hora da janta. A atenção inconsciente que você dava ao seu pet irá diminuir e ele precisará de algum tempo para se ajustar à nova rotina. Portanto, quanto antes você começar melhor.

Defina locais da casa onde ele não poderá ter acesso, como o quarto do bebê, a cama e o sofá. As restrições devem começar já durante a gestação, para que ele não associe a chegada do bebê com a perda de espaço.

Acostumar o cão a pequenas frustrações como não receber mais toda a atenção que ele tinha antes também é muito importante. Não faça todas as vontades dele o tempo todo, ignore alguns pedidos de carinho, por exemplo.

Para compensar a perda de atenção será preciso ensiná-lo a brincar sozinho e a gastar energia, já que você não terá mais tanta disponibilidade para levá-lo para passear e brincar com ele. Existem brinquedos interativos, feitos para que você possa colocar dentro a ração ou petiscos, distraindo e entretendo o pet enquanto ele se alimenta. Você também pode fazer alguns em casa utilizando, por exemplo, uma garrafa pet com furos, para que a ração caia.

Se você tem um cão muito ativo, que pula em você ou que late demais, ele pode requerer auxílio de um profissional por meio de aulas de adestramento.

Acostume seu pet aos sons, aos cheiros e à visão de um bebê no seu colo. Coloque para tocar sons de bebês em volume baixo, elogie e recompense seu pet e, conforme ele permanecer calmo aumente gradativamente o volume.

Pegue uma boneca, embrulhe-a em um cobertor e a trate como um bebê no seu colo, balançando e conversando com ela. Isso te dará uma ideia de como seu pet irá reagir, além de uma ótima oportunidade de recompensar bons comportamentos como uma aproximação calma, e de corrigir os maus comportamentos como pular ou puxar o cobertor. Pratique colocando a boneca no berço e no carrinho, os animais podem estranhar esses equipamentos e devem ir se acostumando a eles.

Introduza ao seu pet também os cheiros do bebê, passando na boneca os produtos que você irá utilizar, como talco, shampoo e lenço umedecido.

É importante que o pet sempre associe o bebê com coisas boas, e dessa forma vocês poderão aproveitar juntos cada momento com o novo membro da família.

 

Fonte:https://www.bayerpet.com.br/

Voltar

Pesquisar no site

Canil Heeler Selivon © 2014 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode